Tag Archives: Veuve Clicquot

our little secret

A pop up stores pipocaram, como o próprio nome diz, em muitos países, eventos e situações do mundo. Um misto de “quiosque” bem montado com guerrila store, tornou-se a forma de muitas empresas atingirem públicos diferentes dentro de situações por vezes únicas.

Assim vimos a Veuve Cliquot aqui no Shopping Iguatemi no fim do ano passado, 

6204331

uma Havaianas pipocando na quinta avenida em NY dentro de uma GAP…

gap-urban-beach-flip-flop-shop-021

que também fez sua pop up store com a Pantone no ano passado

gap_pantone_1

Há ainda muitos outros casos, como uma loja da Procter, também em NY

29ffqzm

Agora, a moda parece ser ocupar espaços desocupados pela crise e trazer pessoas para circularem neles através de boas novidades e pechinchas. Um movimento de Okupas modernos que trazem mais valor para espaços vazios (como novos apartamentos ainda à venda) e aproveitam para dar uma acelerada em suas próprias vendas.

Leave a comment

Filed under no consumo, no marketing

i want luxury, luxury: buscando destaque onde tudo já brilha

 

Em uma época onde o conceito de luxo varia para cada consumidor, as tradicionais marcas do segmento partem para a parceria com outras marcas de igual valor (leia-se aí: financeiro ou emocional) para ganhar destaque e até novos clientes.

Quem gosta de luxo mas não pode ter um Porsche, pode ter uma caneta Faber-Castell ou uma adega Veuve-Clicquot desenhados pelo Stúdio Porsche. Quem adoraria ter uma roupa Prada, pode se contentar com um celular LG. Quem já teve todos os celulares que gostaria de ter, pode se destacar com um iPhone cravejado de brilhantes.
Por outro lado, quem pode ter tudo isso e ainda não se contenta, passa a ter nos objetos simples do dia-a-dia sua dose de luxo e diferenciação.

E se o segmento de luxo precisa se cuidar em dobro (ou o triplo) para garantir a sua expansão ou manutenção no mercado globalizado, isso nos leva a pensar o quanto as marcas, principalmente voltadas para a classe média, precisarão se associar, repensar, recriar, para atingir o bolso e o coração dos consumidores.

Que tal olhar para o universo de valores do seu cliente, e pensar em uma possível associação, para desenvolvimento de produto, ou uma ação promocional, que o atraia e o traga mais para perto? Que tal deixar de olhar só para seus concorrentes diretos e analisar seus concorrentes de nicho e de bolso, e pensar em atividades conjuntas que fortaleçam a imagem de marca de ambos?

Leave a comment

Filed under no consumo, no luxo, no marketing

i want luxury, luxury: o luxo na guerrilha

Já foi o tempo em que as marcas de luxo não precisavam entrar na guerra do mercado. Não no sentido literal, mas pelo menos criando novas formas de se expôr e expôr seus produtos. A grande dama das champanhes aderiu à moda das lojas de guerrilha, abrindo lojas temporárias em espaços luxuosos ao redor do mundo. A nova boutique da marca está no nosso Shopping Iguatemi, na esquina anteriormente ocupada por Francesca Giobbi.

As outras lojas temporárias da Veuve Clicquot foram insaladas anteriormente em Alsterhaus, Alemanha e em Macau, China. 

 

A loja, ou melhor, boutique, que é a primeira investida da marca na América, fica aberta até o dia 31 de dezembro, abastecendo a sede de todos pela festiva bebida. Além de expôr e vender seus produtos, a marca expõe também ítens relacionados feitos por designers ou outras marcas de luxo, reforçando o seu posicionamento natural.

O mais incrível destes ítens é a Veuve Clicquot Vertical Limit criada pelo Porsche Design Studio. A adega, além de um desing fantástico, característico do estúdio, traz uma rara coleção com 12 vintages Magnum de 1,5L, que ajudam a contar mais de meio século de história do champanhe.

A marca vai além nas suas inter-relações de luxo, criando juntamente com o designer Karim Hashid sua primeira peça de mobiliário, a Clicquot Loveseat, para longas horas de degustação sustentadas por uma boa conversa.

1 Comment

Filed under nas bebidas, no consumo