Tag Archives: religião

believe it or not: it’s popular again

board-13-amuletos

No início dos anos 90 a banda Engenheiros do Hawaii cantava O Papa é Pop. Era o fenômeno Pop que crescia a passos largos e tinha o poder de transformar até o Papa em algo da moda.

Hoje, com muito mais cuidado, vemos as religiões se popularizando e tendo diferentes caras, como um jeans básico que ganha aparências distintas de acordo com quem o veste.

A fé e a necessidade de acreditar em algo que traga paz, em tempos de euforia e insanidade, aliada ao comportamento cool de “pertencer a alguma coisa”, de fazer parte, de ser entendido, de ser protegido, ajudam a proliferar crenças e disseminar atitudes.

O que tiramos disso? Indiscutível a capacidade que o consumidor tem de dar a sua cara, personalizar, recriar qualquer coisa.
Sempre falamos de como eles fazem isso facilmente com produtos e marcas. Mas agora, ao notar as novas facetas que cada religião apresenta, vemos que esta capacidade extrapola nossa imaginação.

Estamos falando de quebra de paradigmas na sua essência mais profunda, de mudança de valores, de discussão de dogmas e mandamentos.
E o fato de estas discussões estarem lançadas por aí e de as pessoas sentirem-se livres para criar sua própria religião, seja mesclando algumas, ou fazendo uma releitura de uma única, é o que tem as tornado tão populares, conquistando mais e mais pessoas.

Leave a comment

Filed under no comportamento, no mundo

believe it or not: making religion hip

board-13-amuletos

Uma reportagem da Time Out London buscou jonvens londrinos que transformam elementos da religião em algo atraente, encontrando personagens como Joel Stanley, “The Arty Jew”,  que mistura itens comprados no mercado de pulga, com um blazer de um estilista israelense e um tênis adidas, além do seu tzitzit comprado em israel.

timeout

“Todo o look está relacionado a códigos religisos judaicos e a busca do que é certo para mim. Se você vai para uma sinagoga ortodoxa, por exemplo, você verá homens vestindo preto e branco e usando chapéus. Eu quero ser capaz de reconhecer os códigos mas não quero me confinar em um grupo religioso em particular”, diz Joel na reportagem.

Lizzy

Já Lizzy B. Houston, “The Christian Rockabilly”, se inspira nos anos 40 e 50 para montar seu look, que não fica completo sem suas tatuagens “Grace” e “Faith” em cada um dos braços que, segundo ela, foram feitas para mostrar que ela tem fé mas que também foi salva pela graça de Jesus Cristo. “Grace é uma palavra ligada à religião, mas também tem relação com a forma como você cuida de você mesmo e como se veste”, diz

“Eu sou religiosa, mas esta palavra me dá aflição. Porque ser religioso vai muito além de ir à igreja. É uma diferente mentalidade, um lifestyle. Eu gosto da “Glorious Undead Church” em Kentish Town, onde os garotos que não gostam do estilo anglicano vão com seu estilo punk, gótico ou metal gear.”

O interessante aqui é observar como os jovens conseguem se relacionar com a religião, transformando seus códigos em elementos e representações mais próximas do seu universo.

Leave a comment

Filed under na moda, no comportamento

believe it or not: disbelief

board-13-amuletos

Toda crença traz junto aqueles que duvidam dela. Alguns apenas duvidam, outros decidem investigar a fundo, criticar e colocar e prática seu benefício da dúvida. É o caso de Bill Maher, um comediante de stand up comedy que hoje se dedica magistralmente a um programa de televisão chamado Real Time na HBO.

No programa, Bill Maher critica com fundamento aspectos da política, da tecnologia e, obviamente, da religião; este último virou tema do seu filme Religulous, onde investiga e faz considerações mordazes sobre as religiões e as crenças, ao conversar com ex-gays cristãos, ex-judeus católicos, o Jesus da HolyLand Experience, satanistas, ex-mormons, muçulmanos, entre diversos outros. 

Como o filme deve demorar a passar por aqui, sugerimos que você veja o trailler, e faça suas próprias considerações 

E talvez a melhor forma de terminar este post seja com a frase-tema do site disbeliefnet “You won’t believe what people believe”

Leave a comment

Filed under no comportamento

believe it or not: fashion and religion

board-13-amuletos

A relação entre moda e religião é delicada, mas cada vez mais as duas disciplinas têm se aproximado. Seja como uma forma de crítica social ou até mesmo de afirmação social, aspectos da religião têm aparecido relacionados à moda ou à criação de tendências.

Na London Fashion Week do ano passado, por exemplo, um dos ícones mais claros de vestimenta tradicional religiiosa, a burka, apareceu representada em algumas passarelas. especialmente na de Louise Goldin

A idéia difundida hoje é que a burka deve servir não apenas para cobrir o corpo, mas como um item fashion. Difícil imaginar até onde isso pode chegar, mas não deixa de ser uma tendência a ser observada.

Basta ver o que pode acontecer, é interessante analisar a CharmingBurka, criação do designer alemão Markus Kison criou. Sua burka é digitalmente preparada para enviar por bluetooth, para os celulares mais próximos, uma foto da pessoa que a está vestindo. E, segundo ele, isso não é proibido pelas leis islâmicas.

1 Comment

Filed under na moda

believe it or not: cada um por si, “Deus” por todos

board-13-amuletos

Recentemente foi publicada uma pesquisa que mostra o Brasil como sendo o 3o. país mais religioso entre os jovens, atrás apenas da Nigéria e da Guatemala, e empatado com os muçulmanos Indonésia e Marrocos.

O curioso é que, apesar destes dados, apenas 1/3 destes jovens brasileiros segue os preceitos de sua religião. Eles, no geral, têm uma visão mais “moderna” desta fé.

Este fenômeno, chamado sincretismo, tem acontecido no mundo todo. Pessoas se apegando às religiões cada vez mais, e ao mesmo tempo, criando seu próprio comportamento dentro delas. É uma religião quase que individualista, porque cada um escolhe as suas crenças, o que usar, a quem rezar, a quem agradecer, a quem pedir, o que cantar, e, fazendo um bem bolado de tudo isso, entitula-se uma pessoa “crente”, de fé.

Se dá certo, não se sabe. Mas que acreditar é sempre melhor que a dúvida, isso é.

Leave a comment

Filed under no comportamento, no mundo

believe it or not

board-13-amuletos

Leave a comment

Filed under no comportamento, no mundo