Tag Archives: publishing

the new newsstand: magazine engagement

board_newnewsstand

As revistas carregam muita identificação com seus leitores. É por isso que podemos dizer que existem as “mulheres Nova”, as “mulheres Gloss” e as “mulheres Marie Claire”, por exemplo. Sem falar nos mais diversos segmentos e nichos de revistas aos quais temos acesso hoje e que podem nos ajudar a traçar ainda com mais profundidade o perfil e os gostos (ou as pretensões) de determinada pessoa.

Fato é que as pessoas se identificam com suas revistas, e as usam para identificar-se com outras pessoas de uma forma que talvez não aconteça com os jornais (digo isso apesar de já ter acompanhado brigas ferrenhas entre “Folhistas” e “Estadistas”). E por quê? Se por um lado as revistas nos ajudam a definir quem somos, os jornais acabam sendo uma das muitas formas de receber notícias – concorrendo fortemente, nariz a nariz, com outros meios que fazem este “delivery”, como o rádio e a Internet.

As revistas, portanto, são grandes candidatas ao engajamento por parte de seus consumidores, que costumam transferir os valores percebidos em suas edições preferidas para as marcas que nelas anunciam. E, até por isso, elas vêm sofrendo menos com a digitalização do mundo do que seus “parentes” jornais.

revistasnoorkut

Ainda assim, o “negócio” das revistas vem se transformando através da influência do meio online e das inúmeras possibilidades de personalização e flexibilidade que o meio oferece – e que leva as pessoas a se perguntarem: por que eu não posso colaborar com a minha revista? Por que tenho que receber todo mês a mesma revista em casa? Por que não posso ter a minha revista, personalizada, feita para mim?

Advertisements

Leave a comment

Filed under na internet, na tecnologia, no comportamento, no consumo

the new newsstand: digital times, digital challenges

board_newnewsstand

Ainda há muita discussão sobre o impacto da Internet no consumo de informações impressas. E nestas discussões e análises uma coisa fica bem clara: se por um lado os jornais sofrem um impacto maior, por outro vemos o fortalecimento das revistas. Nos dois casos, no entanto, é cada vez maior a percepção de que uma mudança na forma/linguagem e uma modernização nos modelos de negócio são fundamentais para a sobrevivência neste mundo digital.  

O que abordamos aqui, com “The New Newsstand”, é como as editoras e revistas tem se reinventado, aproveitando tendências como a customização e a aderências às redes sociais de nicho para se aproximarem mais de seus públicos (e mantê-los fidelizados em qualquer um dos meios).

Interessante, dentro deste contexto, é observar o levantamento feito pelo Instituto Pró-Livro no fim de 2007, avaliando que os brasileiros aindam preferem ler jornais, livros e revistas a textos na internet. Mas que, no entanto, gastam ao todo muito mais horas lendo na Internet (em média 2 horas e 24 minutos semanais) do que em outros meios (os jornais e revistas ocuparam, em média, 1 hora e 18 minutos da semana dos usuários).

Leave a comment

Filed under na internet, no consumo

the new newsstand

board_newnewsstand

Leave a comment

Filed under na internet, na tecnologia, no consumo