Tag Archives: made in china

tag revolution: your home naked

board_notmade

Deixando sua casa (e você) pelada:

Leave a comment

Filed under no consumo

tag revolution: christmas without china trailer

board_notmade

Tudo Made in China para o depósito, que tal tentar?

Leave a comment

Filed under no comportamento

tag revolution: dando explicações

board_notmade

Engraçado observar como algumas marcas têm tentado se esquivar do fato consumado de que seus produtos são feitos na China, criando etiquetas com explicações longas como as dos produtos da Apple: Criado pela Apple na Califórnia, Produzido na China.

designedbyappleincalifornia

É quase uma tentativa de dizer “Veja bem, os produtos continuam sendo americanos, nós criamos, desenhamos e projetamos eles aqui, eles só são produzidos na China. Que mal tem?”

3018498811_fbbc1667ea

E o interessante é que parece que a moda pegou, e mesmo empresas que produzem em outros cantos do mundo têm feito questão de afirmar que criação e produção não são a mesma coisa, tentando, de alguma forma, tornar o “criar” mais importante do que o “produzir”. E isso de fato é verdade, não fosse o triste fato de que o produto final tem que obrigatoriamente passar pela produção, e que na maioria das vezes os ambientes criativos são saudáveis e os produtivos insuportáveis.

6qgy9d

Mas o que fazer, em um mundo onde até as tampas de bueiro de Nova York são Made in China?

bueiro

Leave a comment

Filed under no comportamento, no consumo

tag revolution: made with care

board_notmade

E se ao invés produzir no país que oferece mais vantagens financeiras, as marcas começarem a produzir em seus próprios países, empregando mão de obra local, transformando esta mão de obra em pessoas felizes e melhor amparadas?

É o que tem feito a American Apparel, que faz questão de deixar claro na suas etiquetas, as suas políticas sociais e de produção

aa_healthcare

“Feito em Los Angeles, por uma mulher com seguro saúde para ela e para seus três filhos”

A marca, conhecida por suas peças básicas feitas em uma incrível grade de cores, foi criada em 1997 por um jovem Canadense, obsecado pela cultura americana, que decidiu fabricar tudo em um único prédio, no centro de Los Angeles.

Hoje, com lojas em inúmeros países, incluindo o Brasil (com uma recém inaugurada loja na Oscar Freire, em São Paulo), a American Apparel é a maior empresa de produção de roupa dos Estados Unidos, em termos de produção doméstica, e tem atraído consumidores com suas preocupações éticas e socialmente responsáveis – a produção é em grande parte sustentada por energia solar e os funcionários ganham benefícios generosos.

2595990034_397384dc52_b

Se tudo isso parece que vai custar caro, e realmente custa aqui no Brasil (onde as camisetas básicas da marcam chegam aos 100 reais), nos Estados Unidos os preços são bem próximos de outras marcas que produzem em lugares obscuros do mundo.

E o que a empresa ganha com isso? A produção doméstica oferece maior flexibilidade através de tempos menores de entrega, além de uma melhor qualidade final das peças.

E eu, sentada na frente de uma American Apparel em Nova York, escutei um amigo dizer para o outro “Aqui dá para comprar roupa, porque nas etiquetas ainda está escrito MADE IN USA”

Leave a comment

Filed under na moda, no comportamento, no consumo

tag revolution: made in china, but…

board_notmade

Se todas as etiquetas do mundo começarem a falar chinês (e já estamos neste caminho), o que faremos? Bom, se por um lado existe uma “obrigação” capitalista de se produzir na China, pelos baixos preços (e nada mais, certo?), por outro existe uma clara reação das empresas de se “afastarem” do Made in China, seja voltando à produção local, seja criando linhas especiais produzidas em seus países de origem. E grande parte destes movimentos podem ser vistos nas tags dos produtos ou em nos posicionamentos de marca.

Sim, você pode comprar uma Dr. Martens (a clássica bota inglesa) mande in china, mas pode comprar também uma bota da linha Vintage, Made in England, pagando um pouco mais por isso.

preços dr. martens

dr. martens made in england

A Dr. Martens escolheu a linha “Vintage Originals” para esta iniciativa. A linha é composta por réplicas de suas primeiras botas feitas a partir de abril de 1960. Hoje são feita ainda no processo manual, na fábrica original: Wollaston, Northamptonshire, England. 

Se não dá para abrir mão da produção na China (ou em outros redutos produtivos que seguem a mesma linha), se a concorrência aperta e os preços precisam se manter competitivos, mas se ainda assim a marca preza por suas origens, a produção de uma linha nos moldes originais (com um adicional de 50% no preço) é uma boa e estratégica saída.

Leave a comment

Filed under na moda, no marketing

tag revolution

board_notmade

Leave a comment

Filed under no comportamento, no consumo, no marketing