green now: e-Waste

board_green

A Ecogerma, feira sobre tecnologias sustentáveis, aconteceu em março deste ano aqui no Brasil, com parceria da Câmara Brasil Alemanha.

Foram discutidos vários pontos relevantes, e destacamos algum aqui como “food for thought“.

Em um mundo em constante e rápida evolução como o que vivemos, nada mais natural do que a obsolescência da tecnologia virar um fenômeno, se não diário, semanal.
Até aí, normal, porque sempre estamos de olho no novo. Mas e o que “já era”? Acaba?

Um dos importantes pontos abordados foi justamente este, o do lixo eletrônico, composto de materiais tóxicos (como chumbo, mercúrio, cromo) e outros de alto valor (como ouro, platina, cobre).

Aqui no Brasil não há uma lei clara quanto ao destino destes resíduos, o que faz com que a maioria das pessoas os destine aos “lixões”.
Quem enxerga um pouco além, consegue fazer diferença e até fortuna.

lixo

A tecnologia e seu desenvolvimento devem ser vistos e usados sempre como capacitadores, e não tornar-se obstáculo a um desenvolvimento sustentável. E para isso, basta que se desenvolvam também algumas fórmulas simples de reaproveitamento.

O Japão tem áreas (várias já!) determinadas para reciclagem de eletrodomésticos, como indica o mapa abaixo.

japan

E a suíssa e-Waste apresenta um ciclo bastante viável como proposta de solução, comprovadamente eficiente inclusive em termos de investimento.

ewaste

Idéias é que não faltam, basta colocar a mão na massa e começar a atuar.

Advertisements

Leave a comment

Filed under na sustentabilidade, na tecnologia, no comportamento

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s