recycling recreating: what about Brazil?

A gente sempre tem a impressão de que no Brasil, determinados comportamentos demoram a chegar. Mas isso, felizmente, está errado.
Muitas das nossas produções já incorporaram a reinvenção com base em matérias existentes, e têm sido bastante promissoras.
Um exemplo legal é a Pistache & Banana, grife infantil feita com roupas orgânicas.

A idéia é da estilista Juliana Páffaro, que sabe que crianças perdem roupas praticamente do dia pra noite, e poderiam ser as primeiras a vestir o conceito da reutilização.
E ao contrário do que pode parecer, não se trata de um conjunto de patchwork, de montagens ousadas e tecidos alternativos.
Claro, todo o material é orgânico: ela trabalha com um algodão que vem de Guaricê, no Paraná.

Mas os modelos são simplesmente lindos, modernos, fofos, têm a cara da criançada!

Sua primeira loja na Vila Madalena, em SP, transpira o conceito ecológico da marca, com paredes pintadas com pigmentação natural, armazenamento de água de chuva, ladrilhos e madeiras de demolição.
E ela não faz promoções nem liquidações, para preservar a integridade do consumo. A idéia é que não sejam percebidos como algo perecível, parte de coleções. Se algumas peças não saem, a alternativa clara é reciclagem: seja mudar um detalhe ou misturar as peças para criar outras novas.

Com isso, vemos nosso país entrando com classe em um tipo de comportamento que vai deixar de ser tendência para ser algo natural, como se sempre tivesse existido.

Advertisements

Leave a comment

Filed under na moda, no comportamento, no consumo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s